Como escolher a área de plantio da capineira com o CAPIAÇU?

Escolha, preferencialmente, áreas com solos férteis e com possibilidade de mecanização e irrigação

Recomenda-se que a capineira seja formada em área que facilite o transporte da forragem colhida, o enchimento dos silos e a realização da adubação orgânica.

Evite áreas de várzeas úmidas ou sujeitas a alagamentos, uma vez que o CAPIAÇU não tolera solos encharcados.

Como o solo deverá ser preparado?

Prepare o solo de forma convencional, efetuando-se arações e gradagens conforme a necessidade e condição do terreno.

A calagem deve ser realizada com base no resultados da análise de solo, visando alcançar 60% de saturação por bases.

Dê atenção especial ao controle de plantas daninhas, de forma a não comprometer o estabelecimento e a longevidade da capineira, bem como evitar capinas e aplicações de herbicidas após o estabelecimento da cultura.

 

Como devo preparar os sulcos para o plantio do CAPIAÇU? Quais são as medidas?

O plantio deverá ser de, aproximadamente, 20 a 30 cm de profundidade e o espaçamento entre os sulcos deverá ser de 0,70m a 1,20. No entanto, notamos em nossos viveiros que quanto menor for o espaçamento, menos invasora terá. 

gallery/plantio capiaçu

Como se dará a cobertura das mudas?

As hastes deverão ser cobertas com 10 a 15 cm de terra.

Normalmente esse procedimento é feito de forma manual com utilização de enxadas.

Não pode deixar partes das mudas descobertas.

 

Quais são as ADUBAÇÕES NECESSÁRIAS?

São necessárias adubações no ESTABELECIMENTO do plantio e ADUBAÇÕES PERIÓDICAS. 

 

No PLANTIO recomenda-se a aplicação apenas da ADUBAÇÃO FOSFATADA, distribuída no fundo dos sulcos.

Para a maioria dos solos são necessárioas de 120 kg/ha de P2O5, que corresponde a 600 kg/ha de superfosfato simples. 

A aplicação do potássio deverá ser realizada quando o teor deste elemento no solo for inferior a 50 ppm, numa dose de 80 a 100 kg/ha de Cloreto de Potássio.

 

Nas ADUBAÇÕES PERIÓDICAS, a PRIMEIRA adubação em cobertura/manutenção deve ser realizada quando as plantas atingem a altura média de 0,50m.

Recomenda-se a aplicação fracionada de 1.200kg/ha/ano da formulação NPK (20-05-20), após cada corte, sempre com o solo úmido

 

Em áreas irrigadas, pode-se a usar até 1.400 kg/ha/ano da fórmula 20-05-20, com aplicações divididas após cada corte.